Tempo livre das férias pode ser usado para check-up e cuidados com a saúde


Julho chegou e o tempo livre das férias pode ser aproveitado de diversas maneiras. Uma delas, que inclusive pode ajudar até nos momentos de lazer e diversão, é a prevenção contra doenças através da realização de um check-up. Uma avaliação médica de rotina que deve ser feita, independentemente, inclusive, de haver ou não sintomas aparentes que estejam causando incômodos.

Idade, sexo, excesso de peso, histórico pessoal e familiar são importantes aspectos no diagnóstico e prevenção de doenças das mais variadas ordens, entre elas, as doenças cardíacas. O check-up considera esses e outros fatores, ajustando a realização de consultas médicas e exames que retirem dúvidas e assegurem o real quadro clínico do paciente.

Os exames, avançados ou básicos, são fundamentais para prevenir doenças em diferentes estágios. E, quanto antes diagnosticadas, maiores são as chances de tratamento e cura. No caso da Cardiologia, a alta tecnologia proveniente de inúmeras pesquisas é outro fator preponderante nesse processo. Com a realização de exames de ponta e técnicas cada vez mais aprimoradas, o check-up se tornou aliado número um para o paciente que busca melhor qualidade de vida e controle de doenças cardiovasculares.

De acordo com o cardiologista José Lira Mendes Filho (CRM-PI 1476), o hábito de realizar exames periódicos desde a infância até a vida adulta pode mostrar como o organismo está reagindo ao estilo de vida adotado. O especialista explica que essa condição também é importante por indicar quais os ajustes deverão ser feitos na alimentação, horários determinados para cada atividade física e outros fatores.

“O médico tem a capacidade de orientar o paciente com o objetivo de, evitando os fatores de risco identificados, promover a saúde e influenciar positivamente na qualidade de vida e longevidade das novas gerações. Assim atua a medicina preventiva, antecipando-se aos eventos prejudiciais à saúde”, pontua José Lira.

Considerando o check-up uma ferramenta indispensável na prevenção de possíveis problemas com a saúde, o check-up cardiológico é essencial no diagnóstico antecipado das doenças ligadas ao sistema cardiovascular, podendo até evitar a morte súbita. Teste de esforço físico, ecocardiograma e o eletrocardiograma são exemplos de como detectar qualquer descompasso com o coração do paciente.

Para o coração, o fator hereditariedade tem uma grande influencia. “Se há história familiar de cardiopatias, é necessário maior atenção. Embora os fatores de risco hereditários sejam inerentes ao paciente, um grande número de outros fatores pode ser corrigido, diminuindo a possibilidade de doenças e comumente evitando-as. Em suma, procure o cardiologista, mesmo sem sintomas. Adquira o bom hábito de prevenir doenças. O melhor médico é aquele que você conhece, confia, está disponível e tem tempo, paciência e interesse em conversar com você”, finaliza José Lira.

Por Whenna Duarte
COMPARTILHAR:

+1