publicidade

publicidade

PPS em Parnaíba: Ontem era Governo; Amanhã será oposição


A dinamicidade na política é algo fantástico, mas para algumas pessoas que são alheias ao assunto costumam dizer que isso é peleguisse (pelego). Não sei se é “peleguisse” ou “dinamicidade”, mas vamos direto a conversa propriamente dita. 

Vamos aqui usar o exemplo mais badalado dos últimos dias, o PPS (Partido Popular Socialista) no Piauí, mais precisamente na cidade de Parnaíba. Nos últimos anos, a referida sigla partidária foi comandada pela vereadora Francisca das Chagas Castelo Branco Neta, conhecida popularmente por todos como Neta. Durante todo esse tempo que esteve em seu comando, o partido fez parte da Base Aliada do Prefeito de Parnaíba Florentino Neto (PT), porém a partir de amanhã o PPS sai da grupo de sustentação do governo petista e passa a integrar as fileiras daqueles que agrupam o “exército oposicionista”, já que na agremiação partidária serão filiados vários adversários políticos de Florentino, dentre eles: Zé Filho (Presidente da FIEPI e ex-governador do Piauí), Mão Santa (tio de Zé Filho, ex-prefeito de Parnaíba, ex-governador do Piauí e ex-Senador), Adalgisa Moraes Sousa (Esposa de Mão Santa) e Carlson Pessoa (ferrenho oposicionista do governo em Parnaíba e um dos “um dos maiores pregos no sapato” na administração municipal), além de muitos outros nomes. 

Para o Governo Municipal a saída do PPS da Base de Sustentação e ida para a oposição é uma grande perda, já que o partido contará com um enorme número de pessoas insatisfeitas com o “modus Florentino operandi” de governar.

Essas mudanças são mais comuns do que se imagina, o adversário de hoje pode ser o correligionário de amanhã, ou vice versa, o que resta para aquelas que gostam de brigar por políticos ou por agremiações partidárias é apenas dizer “ok” e se acostumar. 

Por isso, um grande viva a “peleguisse” e a “dinamicidade”!!!

Por Gilson Brito
Fotos: Gilson Brito

COMPARTILHAR:

+1

Música do Dia