publicidade

publicidade

Amadeu Campos quer novo jeito de fazer política e é pré-candidato a prefeito de Teresina


O jornalista Amadeu Campos filiou-se ao Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) durante evento realizado na manhã da última segunda-feira (14), no Plenarinho da Assembleia Legislativa do Piauí.

O vereador Paulo Roberto da Iluminação, presidente do diretório municipal do PTB, fez a abertura do evento, que contou com a presença do governador Wellington Dias (PT), do senador Elmano Férrer (PTB), dentre outras autoridades.


Paulo Roberto ressaltou que a pré-candidatura de Amadeu deve conferir um maior acirramento à disputa eleitoral, e enfatizou que sua credibilidade junto à população será um diferencial em relação aos adversários.

"O nome do Amadeu está sendo colocado pelo PTB, e caberá à população dar a palavra final. Mas eu acredito que ela será positiva, pois nós sabemos que o Amadeu é uma pessoa íntegra, comprometida e que tem boas intenções, o que tem sido raro no meio político", afirmou o vereador petebista.


Em entrevista, o jornalista firmou que se propõe a oferecer aos teresinenses um novo jeito de fazer política, e ressaltou que seus 32 anos de experiência profissional, quando esteve em contato direto com a população, serão muito úteis nessa nova jornada que começa a percorrer.

"Foi me dada a oportunidade de disputar um lugar onde eu posso receber as demandas e dar o encaminhamento para que elas sejam solucionadas. Quando eu era apresentador e recebia denúncias da população - de que as paradas estão ruins, o ônibus não tem ar-condicionado, o posto de saúde não funciona, a escola também não -, eu dizia 'tá errado!', e esse grito era um alerta para as autoridades responsáveis por esses problemas. É essa a função da imprensa. Agora, caso eu seja eleito, eu vou dizer de novo, quando chegar até mim esses problemas: 'tá errado!', mas vou dar o encaminhamento e tentar resolvê-los", afirma


O senador Elmano Férrer (PTB) disse que deposita em Amadeu Campos toda sua confiança, para que as conquistas deixadas pela gestão petebista sejam retomadas e aperfeiçoadas.


'Superação é o que a vida nos cobra todos os dias', diz Amadeu sobre campanha em cadeira de rodas

O pré-candidato do PTB também rebateu as provocações de alguns personagens políticos locais que insinuaram que ele não terá condições de encarar uma campanha política majoritária, por ser cadeirante.



"Quando eu sofri o acidente, os médicos disseram para minha mãe que eu dificilmente sobreviveria. 

Eu sobrevivi! Depois disseram que eu ficaria acamado para o resto da vida. Eu sentei! Aí falaram que eu não voltaria a trabalhar. Eu voltei e fiquei na bancada até a semana passada, quando decidi aceitar esse desafio. Então, eu entendo que a superação é o que a vida nos cobra todos os dias, e o que a gente precisa ter é coragem pra superar os problemas e os obstáculos", conclui Amadeu Campos.

Ascom


COMPARTILHAR:

+1

Música do Dia