Diretora do “Balé da Parnaíba” fala das providências já adotadas para a reativação do grupo


A Professora Suely Araripe, que foi uma das fundadoras do Balé de Parnaíba, quando o ex-governador Zé Filho foi prefeito da cidade (1997/2000), disse ontem, em entrevista à TV Costa Norte, que há 17 anos vem lutando para que o grupo volte a atuar em nossa cidade, uma vez que a razão de haverem “acabado” com o balé foi meramente política. 

Desde que foi desativado a luta pela sua reativação foi tentada junto a outros prefeitos, nos últimos anos, sem nenhum sucesso, mas agora – disse ela – encontrou todo apoio no Governo Mão Santa, através da Secretária de Infraestrutura, Maria das Graças Moraes Souza e também de outras pessoas, como por exemplo, Márcia Alencar, esposa do Vereador Geraldo Alencar Filho (Geraldinho) e que é a coreógrafa do Balé.

Suely Araripe e Márcia Alencar

Disse Suely que o Prefeito Mão Santa está tão entusiasmado com o projeto que solicitou que a primeira apresentação já seja feita no natal deste ano, na Praça da Graça, e por conta disso as inscrições para os jovens interessados estão abertas desde já.

Ela também informou que será formado um Corpo de Baile, composto por 16 bailarinos profissionais, que serão escolhidos no próximo sábado. “O Balé de Parnaíba vai contar ao todo com 35 membros, todos escolhidos nas escolas municipais”, disse a professora.

Sueli Araripe, que é diretora do Balé da Parnaíba, em sua nova versão, informou ainda que será criada uma Escolinha de Arte e Cultura, onde será desenvolvido um projeto denominado “Mão na Arte”, através do qual serão oferecidos aos jovens inscritos conhecimentos de dança, teatro e música e quem se destacar na dança vai fazer parte do balé.


Informou também que não haverá nenhum gasto por parte dos pais dos jovens que irão integrar o balé, uma vez que toda a despesa será feita com recursos do município. Também quem ofereceu todo o apoio para o sucesso do projeto foi o Presidente da Federação das Indústrias do Estado do Piauí, Antônio José de Moraes Souza Filho.

“A Sede do Projeto será na Escola Roland Jacob, onde as pessoas interessadas podem obter mais informações, inclusive, sobre a participação de jovens menores de idade porque o Balé de Parnaíba” vai se apresentar em outras cidades do Piauí e de outros Estados” – concluiu.

Por Bernardo Silva 
Fotos: Gilson Brito

COMPARTILHAR:

+1